Banner

Roberto Marinho | Pioneiros & Empreendedores

Roberto Marinho (1904-2003)

21_robertomarinho

Outra figura exemplar.  Em 1965, aos 61 anos, faixa etária em que tantos brasileiros estão se aposentando, criou a TV Globo do Rio de Janeiro, núcleo inicial de uma rede que, quatro décadas mais tarde, iria cobrir 99,84% dos 5043 municípios brasileiros.  No início de 2005, suas 113 emissoras, entre geradoras e afiliadas, dominavam 74% da audiência no horário nobre.  Suas novelas e programas encantavam 60 milhões de telespectadores brasileiros e outros 70 milhões espalhados por 130 países. Era proprietário também do jornal O Globo, o segundo em circulação no país, e da cadeia de rádios Globo.  Dono de uma fortuna pessoal que, no momento de sua morte, em 6 de agosto de 2003, era estimada 1 bilhão de dólares, Roberto Marinho foi o empresário mais influente do país.



- Nasceu no Rio de Janeiro.
- Filho do jornalista Irineu Machado Coelho de Barros. Teve quatro filhos.
- Irineu, pai de Roberto Marinho, trabalhou como revisor-substituto até conseguir ser promovido à redação da Gazeta de Notícias. Em 1911, deixou a Gazeta para fundar seu próprio jornal, A Noite.
- Em 1924, Irineu Machado viajou com sua família para tratar de sua saúde; de volta, encontrou o jornal A Noite cheio de problemas. Reuniu, então, todas as economias da família e criou um novo jornal. O Globo começou a circular no dia 29 de julho de 1925, com tiragem de 33.435 exemplares.
- Após a morte de Irineu, Roberto Marinho recebeu de sua mãe a incumbência de dirigir o recém-lançado jornal O Globo. Ele recusou; só assumiu o comando do jornal quando adquiriu a experiência necessária.
- Em 1965, tendo o jornal e a rádio inteiramente consolidados, Roberto Marinho, aos 61 anos, criou a TV Globo do Rio de Janeiro. Quatro décadas mais tarde, a Rede Globo cobriria 99,84% dos 5.043 municípios brasileiros. No início de 2005, suas 113 emissoras, entre geradoras e afiliadas, dominavam 74% da audiência no horário nobre.
- Dono de uma fortuna pessoal que, no momento de sua morte, em 6 de agosto de 2003, foi calculada em um bilhão de dólares, Roberto Marinho foi o empresário mais influente do país.
- Seus empreendimentos mais importantes foram:

 

  • Jornal O Globo;
  • Rio Gráfica Editora;
  • Rádio Globo, Rádio Eldorado, Rádio Mundial, Rádio Nacional de São Paulo e Rádio Excelsior;
  • TV Globo e Rede Globo;
  • Fundação Roberto Marinho;
  • Projac - Projeto Jacarepaguá.

 

Fonte: pioneiroseempreendedores.com.br

 
Banner
Banner

Banner
Pioneiros & Empreendedores
Portal Unifor | Fundação Edson Queiroz
Central de Atendimento | Twitter
Fundação Edson Queiroz todos os direitos reservados